EU QUERO O MARCO CIVIL DA INTERNET JÁ #MarcoCivilJÁ

Dei uma melhorada no texto tirando palavrões que escrevi no calor do momento e tirando a parte que não cabia ao Congresso. Podem copiar, modificar ou simplesmente mandar seu próprio texto, mas é importante mostrar que estamos indignados com a inoperância do nossos representantes e com sua susceptibilidade aos lobbies. Segue link com arquivos que torna fácil mandar e-mails para os deputados, através da importação de contatos ou de um simples copiar e colar: http://www.advivo.com.br/blog/eduardo-diniz/email-dos-deputados-federais

EU QUERO O MARCO CIVIL DA INTERNET

Sr.(a) Deputado(a),
É um absurdo! As teles ajudam os EEUU a nos espionar e ainda mandam no País. As teles tinham que ser punidas pelos seus péssimos serviços, tinham que ser consideradas inimigas públicas e se o Governo e os políticos de forma geral estão do lado do povo, deveriam é estar agora cobrando a prisão dos responsáveis pela espionagem que sofremos através e com o consentimento e ajuda delas. Agora o que temos são elas ditando o jogo, fazendo o povo de palhaço como faz sempre que ligamos para seus call centers, fazendo o Brasil e os cidadãos brasileiros ficarem vulneráveis em sua navegação pela Rede e fazendo o Brasil perder até economicamente por não ter uma lei pioneira que seria um paradigma a ser seguido pelo mundo em matéria de liberdade e privacidade na Internet. Caso o Congresso não passe por cima dos interesses menores das empresas de telecom, vai cair, mais uma vez, em descrédito com mais uma parcela da sociedade, os militantes pela liberdade na Rede, que amanhã estarão nas ruas, e com razão, criticando o os seus representantes. Depois a classe política não entende porque está tão desacreditada, porque tantos protestos e tanta revolta. Um das explicações é esta: vocês preferem quem vos dá dinheiro – por isso também a urgência do financiamento público de campanha – ao povo que vos elegeu e os mantêm. Eu quero o Marco Civil da Internet votado e com o texto original, sem ceder ao lobby das empresas de telecom ou a quaisquer outro. Quero meu direito à privacidade e à liberdade na Rede.