A esperança

A esperança é que a Rede possa se reinventar, apesar de todos os ataques contra a liberdade nela. A despeito de suas características técnicas que propiciam o controle, a Internet se tornou a grande ágora da liberdade, possibilitando voz a milhões. Isso não se deu sem que batalhas fossem travadas. Mas sempre lutadores conseguiram fazer com que a liberdade prevalecesse. Novos protocolos, novas tecnologias surgiram e vão surgir para continuar proporcionando liberdade e voz aos que são oprimidos e não teriam outra oportunidade de serem ouvidos senão através de seus gritos na Rede. Se tentarem calar a nossa voz por um lado, sairemos por outro. O importante é que esse processo de libertação e participação não será revertido, por maiores que sejam os esforços dos opressores em nos calar. As pessoas de boa fé não deixarão a liberdade na Rede morrer e continuarão desenvolvendo novas formas de exercer a liberdade. Isso porque a Internet não é só técnica, mas sim é feita de gente. E gente, pra sobreviver, precisa de liberdade.