Em sua volta ao Twitter Dilma fala de privacidade na Rede

Dilma ressuscitou sua conta no Twitter. Deixada de lado pela presidenta desde 2011, a conta voltou a ter atividade nesta sexta-feira(27). A medida faz parte da criação do Gabinete Digital da Presidência da República, que tem também como medidas a criação de página no Facebook e conta no Instagram, alem da reformulação do Portal Brasil com uma séria de possibilidades de serviços para os cidadãos brasileiros.

A tentativa de aproximação com os cidadãos conectados se dá no contexto das demandas feitas durante as manifestações de Junho. A resposta da presidência a tais manifestações foi a tentativa de criação de canais diretos de comunicação do Executivo com os cidadãos.

A volta de Dilma a rede social se deu num clima descontraído, em diálogo com a personagem Dilma Bolada, durante visita do criador da personagem ao Palácio do Planalto. O clima descontraído, no entanto, não deixou de fora polêmicas. Durante a conversa Jeferson Monteiro, autor da personagem, inseriu o assunto da espionagem estadunidense no diálogo. A presidente respondeu de forma diplomática, mas alfinetando o comportamento dos ianques. Depois, emendando, falou sobre a importância do Marco Civil para a proteção da privacidade dos brasileiros.

Ocêis me perguntaram ontem se o @BarackObama ficou chateado com meu discurso na ONU… vou falar lá no @dilmabr todas as verdades. ATENÇÃO!!

— Dilma Bolada (@diImabr) September 27, 2013

Fico feliz que esse novo canal de comunicação tenha sido criado. É, na pior das hipóteses, mais um canal de entrada para as reclamações e anseios da população. Tomara que não fique só na promessa e que o diálogo seja efetivado. Fiquei mais feliz ainda que o primeiro tema tratado pela presidenta nesse novo canal tenha sido a questão da privacidade na Rede. Isso mostra que esse tema é prioridade para o governo.

Seja bem vinda @DilmaBr em sua volta às redes sociais.