Tutoriais, Linux, segurança e muito mais

Como vocês já devem ter percebido, os dois últimos posts deste blog foram “influenciados” por um grande amigo, o @eliaspraciano.
Apesar dos links para o blog dele nos posts referidos, pode ser que alguns de vocês não o tenham visitado, o que é um problema.

Problema porque o Blog do @eliaspraciano traz dicas e tutoriais fundamentais, principalmente sobre o mundo Linux e do software livre.

Trago aqui a introdução de dois posts do Blog que me ajudaram muito em um tema que tenho muito interesse, o da segurança. São posts sobre senhas, mas o Blog traz outras dicas neste sentido, bem como outras que podem te ajudar no dia a dia. O Blog do Elias Praciano tem se tornado uma referência importante para mim para conhecer um pouco mais sobre questões tecnológicas.

Não deixem de clicar nos links para continuar lendo. Aproveitem para pesquisar no Blog que está recheado de muitos outros temas e dicas interessantes.

O que diz o senso comum sobre senhas

Introdução

Especialistas em segurança têm algumas dicas sobre como manipular, armazenar e tratar as suas senhas. Convém conhecer quais são e, de acordo com suas possibilidades, adaptá-las à sua realidade.

Crie uma senha nova e única a cada cadastro novo

Site novo, cadastro novo… senha nova! E não vale criar sequencias do tipo minhasenha1, minhasenha2 etc.

Mude todas as suas senhas, em todas as suas contas, a cada 6 meses

É semelhante à regra para substituir sua escova de dentes.
Marque em um calendário as datas para trocar suas senhas. Ataques de força bruta podem levar algum tempo para se concretizar e permitir a invasão. Se no meio disto, o cracker se deparar com uma troca de senha programada por você, seu ataque será frustrado, ainda em andamento.

Não anote suas senhas

De que adianta evitar uma senha fraca e cometer o erro de deixá-la anotada em uma folha de papel?
Há estudos mostrando o quanto é comum as pessoas deixarem suas senhas anotadas em algum lugar perto de seus computadotes. Invasores já leram todos estes estudos.
Gerenciadores de senhas são a solução ideal para quem precisa lembrar suas senhas.

Continue lendo

O guia definitivo para criar boas senhas

Introdução

Sempre que se vai criar uma nova conta, em um website (forum, email, portal etc) o dilema da senha volta à tona.
A questão, usualmente, é usar uma senha fraca, mas fácil de ser lembrada ou uma senha forte, porém difícil de lembrar.
Neste artigo, vamos abordar o problema e tentar solucioná-lo da melhor forma possível. Você pode e deve adaptar as dicas a seguir às suas próprias necessidades.

O processo de criação de senhas tem, essencialmente, duas regras

Ao seguir estas duas premissas, você estará no caminho para criar uma senha de relevantemente segura.

O comprimento da senha: Senhas devem ter, no mínimo 8 caracteres. Quanto maior o comprimento da sua senha, melhor. Senhas com mais de 10 caracteres são mais difíceis para quebrar através da força bruta.

Complexidade da senha: Alguns grupos de caracteres devem estar sempre

incluídos na formulação das suas senhas:
letras minúsculas;
letras maiúsculas;
números;
caracteres especiais.

Alguns autores chamam a combinação das duas regras de regra 8 por 4, uma vez que se resume a escolher senhas que tenham, pelo menos 8 caracteres, dentre os quais, 4 (no mínimo) satisfazem a regra anterior, da complexidade da senha.
Se você satisfizer estas duas exigências a cada senha criada, já estará no caminho mais seguro.

Continue lendo